22/01/2014

Corações Feridos.



Adicionar no SkoobCompre: Saraiva| Submarino | Cultura

     Só pela sinopse eu já sabia que Corações Feridos não seria uma leitura fácil. Eu sou um pouco sensível com histórias trágicas ou muito dramáticas, costumo sentir raiva e ficar revoltada com autores que infringem um sofrimento exagerado aos seus personagens, por isso quase sempre evito livros que seguem essa linha.
  Entretanto, há livros que não sei como e por qual motivo conseguem despertar minha curiosidade a ponto de eu sentir vontade de me arriscar na leitura. Foi isso que aconteceu com Corações Feridos
  Esse livro traz uma premissa bastante instigante e interessante, conta a história de duas irmãs gêmeas que são bastante diferentes entre si. Uma é linda e está sempre se arriscando para viver todas as emoções da adolescência, Hephzibah chama atenção com sua beleza e intensidade. 
  Rebecca é completamente o oposto da irmã, vive à sombra dela, é ignorada na escola e sofre preconceito por ser portadora da Síndrome de Treacher Collins que é um distúrbio genético caracterizado por deformidades craniofaciais; ela sofre com o desprezo e a rejeição de todos.
  As gêmeas são filhas do pastor da cidade e vivem sob a supervisão atenta e regras rígidas do pai. Roderick é um fanático pela religião que não permitia nem que suas filhas estudassem fora de casa. 
  Depois de toda a insistência de Hephzi elas são autorizadas a frequentar a escola da cidade e é a partir daí que elas conseguem aos 17 anos proximidade com o mundo fora da casa paroquial. Rebecca se esconde de tudo e de todos, passa todo o tempo que pode na biblioteca da escola e faz o que pode para encobrir as aventuras da irmã. 
  Só que a casa do pastor admirado e respeitado por seus fiéis esconde segredos chocantes que marcam a vida das irmãs e transforma em martírio a existência delas.
Eu achava que as coisas não poderiam ficar pior do que estavam. Tinha certeza de que chegara ao ponto mais baixo possível e, quando voltei para a casa paroquial, tudo o que queria era rastejar para cima e afundar-me no esquecimento. Mas eles estavam esperando por mim novamente..." pág. 76
    Essa foi uma das leituras mais marcantes que já fiz, tanto por ter me surpreendido quando pela carga de drama, suspense e principalmente pelo sentimento de indignação que os acontecimentos da história despertam. Corações Feridos é uma narrativa carregada de cenas impactantes que muitas vezes conseguiram me deixar em lágrimas.
    Os personagens são muito bem construídos e até a mãe omissa das garotas consegue provocar reações no leitor no desenrolar da história, eu particularmente senti vontade de sacudir aquela mulher. Rebecca é uma protagonista que despertou meus instintos de proteção é uma garota sofrida que no início se mostra amedrontada e acuada, mas que no decorre da narrativa ela vai se tornando mais forte até ser capaz de lutar por si mesma. 
   A história gira em torno do mistério envolvendo a causa da morte de Hephzibah e das atrocidades que acontecem dentro daquela casa quando as portas estão fechadas. Ao logo da narrativa a autora vai deixando pistas e não é difícil para o leitor deduzir o que acontece naquela família. 
   Louisa Reid tem uma linguagem fácil, envolvente e que instiga o leitor a se envolver com a história e os personagens, você acaba torcendo, sentindo raiva, chorando e clamando por justiça. 
   O livro é narrado em primeira pessoa pela Hephzi e pela Rebecca com capítulos intercalados entre momentos do antes e do depois da morte de Hephzi. Essa forma de narrativa é bem interessante porque podemos perceber o contraste nas personalidades das duas garotas e os acontecimentos sob a perspectiva de quem sofre tudo na pele. 
  Eu gostei muito do trabalho que a Novo Conceito fez nesse livro, a capa é bem harmoniosa com o enredo da história, e mesmo sendo sombria eu achei muito bonita. A diagramação é simples, mas tem detalhes que deixa a estética do livro mais agradável. 
   Corações Feridos tem um desfecho satisfatório, mas para mim ficaram algumas pontas soltas que me deram a sensação de que a história de Rebecca ainda não havia chegado ao fim. É um bom final, mas eu desejaria muito mais para ela. 
   Para aqueles que gostam dos dramas, Corações Feridos é uma leitura imperdível como uma narrativa comovente capaz de deixar o coração do leitor bem apertado. 

2 comentários:

  1. Amiga amei sua resenha e fiquei feliz pela atualização.
    Esse livro já está na minha lista de desejo desde que ele foi lançado e a cada resenha que leio fico mais empolgada. Sempre que fico sabendo de personagens fanáticos lembro da mãe de Carrie do livro Carrie a estranha. Pense em uma mulher detestável!!! Que raiva!!!!!
    Mas enfim parabéns pela leitura e resenha e aguardo suas novidades. Bjos querida!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  2. Corações Feridos também foi uma das leituras mais marcantes que já fiz *---* Fiquei bastante envolvida, comovida e torci demais pela Hephzi <3 Li o livro bem rapidinho e ele se tornou um dos meus favoritos (:

    Brunna Carolinne - My Favorite Book - @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo