outubro 03, 2013

Lições do Desejo.



                                                                         

Adicionar ao SkoobCompre: Saraiva| Submarino | Cultura
                                                             
       Madeline Hunter já faz parte da minha lista de autoras queridinhas, suas histórias, seus personagens e sua escrita cheia de paixão me cativaram e fizeram dela uma referência em um dos meus gêneros literários favorito, o romance histórico. 
    Assim, ela está de volta com Lições do Desejo segundo livro da série Os Irmãos Rothwell lançado pela Arqueiro
   Neste segundo livro temos a história do caçula da família Rothwell, diferente de seu irmão mais velho que é um homem recluso e solitário e de Hayden que era visto pela sociedade como um homem frio, Elliot é o mais acessível e sociável da família. 
   Seu charme e suas maneiras de Lorde encantam as mulheres, Elliot é um erudito sua inteligência e brilhantismo sempre se destacaram desde a juventude. Agora, ele é um intelectual de prestígio no círculo social a qual pertence. 
   O mais novo desafio da vida de Elliot Rothwell tem uma fama nenhum pouco respeitável na sociedade londrina, Phaedra Blair é uma mulher com características, ideais e atitudes bem diferentes das mulheres de sua época e por conta disso ela é tratada como uma pária.
   Ela tem aversão ao casamento, mora sozinha desde os dezesseis anos acredita e prática o amor livre, não usa espartilhos ou qualquer acessório de "tortura" feminino prefere roupas negras e cabelos soltos e sempre declara "estar acima de regras sociais estúpidas", assim como sua mãe Artemis Blair que apesar de ser admirada por sua inteligência, Phaedra é rotulada de escandalosa e excêntrica. 
   O marquês de Easterbrook, irmão mais velho de Elliot descobre a existência de um manuscrito que fala sobre segredos e indiscrições de várias pessoas poderosas e influentes, e dentre eles está o pai dos irmãos Rothwell. O autor do livro em questão é Richard Drury, pai de Phaedra. Por ser membro do Parlamento, as memórias do homem tem certa credibilidade.  
   Depois da morte do pai e do sócio dele, Phaedra se torna herdeira da editora que está à beira da falência, sua única esperança é as memórias que seu pai lhe fez prometer que publicaria na íntegra. 
  A missão de Elliot é impedir que Phaedra publique a parte do manuscrito que fala do seu pai e que pode sujar de vez o respeitado nome dos Rothwell. Assim, ele viaja até Nápoles para negociar e convencer a mulher a suprimir as acusações que seu irmão quer impedir a todo custo de virem a público. 
  E nessa viajem em meio a conflitos, situações desesperadoras, investigações e muita paixão, Phaedra e Elliot irão descobrir que mesmo com todas as diferenças eles não são imunes a atração e os sentimentos que surgirão da aproximação entre eles. 
Ele nunca vivenciara nada parecido antes. Phaedra conseguia provocar e rejeitar sem dizer uma só palavra. Você me quer e pode ser que um dia eu o queira, mas não hoje. Talvez nunca. Ainda não decidi. Ela devia saber que seu comportamento estimulava o lado mais selvagem dos homens..."  pág. 33
    Em Lições do Desejo temos um conflito bem diferente do que vimos em As Regras da Sedução, o destaque aqui fica por conta da protagonista Phaedra. Seu comportamento e suas atitudes estão a frente de seu tempo e por isso ela é julgada e excluída pelos aristocratas da época. 
   Algumas das ideias e crenças de Phaedra são aceitáveis e até concordo com ela, outras eu discordei totalmente. Ela defende plenamente independência, mas em vários momentos isso me passou a impressão de medo; Phaedra parece temer ir contra suas crenças por isso foge do que sente. 
  Elliot se mostrou bastante diferente do que eu imaginava, ele não julga e nem critica as atitudes de Phaedra, é sensível e faz de tudo para convencê-la a ficar com ele. 
  A maior parte da história se passa em Nápoles, onde a narrativa trás um pouco da cultura e História do lugar. Phaedra e Elliot são intelectuais por isso, temos um texto mais culto com referências mais letradas.
  As confusões em que Phaedra se meteu no decorrer da história me divertiram muito, o simples fato de andar pelas ruas já a deixa em apuros. A história ainda nos dá uma visão de quanto a prática do comércio era mal vista entre os nobres da época, e quem as praticava enfrentava muito preconceito da sociedade. 
 Lições do Desejo é narrado em terceira pessoa que é uma forma de narrativa que me agrada porque temos uma visão mais ampla da história. A linguagem e escrita da Madeline Hunter continua envolvente, fluída, ágil e o enredo bem construído. 
 Entretanto, mesmo com as cenas sensuais bem escritas senti um pouco a falta de química entre o casal, o medo de Phaedra em se tornar uma mulher submissa e controlada por um homem chegou perto de ser irritante considerando que Elliot não chegou nem perto de tentar fazer isso com ela.
  A história ainda traz um pouco dos personagens do livro anterior, já que Alexia é a única amiga que Phaedra possui. O enredo conta também com um pouco de mistério e aventura.   
 Lições do Desejo é uma história de amor que desafia as convenções sociais de uma época em que as aparências e a opinião social tinham um peso determinante na vida de alguém.
  A capa é ainda mais bonita do que a do livro anterior, a diagramação é simples e as letras estão boas para leitura. 
  Jogos do Prazer é o terceiro livro da série e contará a história do mais intrigante do irmãos Rothewell, Christian o marquês. Dos três irmãos esse foi o que sempre me deixou mais curiosa, estou ansiosa para conhecer a história dele. Só resta esperar o próximo lançamento!     
                                         
            

4 comentários:

  1. Rafa parabéns por mais uma ótima resenha, quero ver esse mês todas as resenhas atrasadas viu!!! Menina a cada resenha que leio dessa serie fico mais curiosa. Gostei de saber sua opiião!!!
    Realmente essa segunda capa ficou mais bonita que a primeira.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  2. @Aline Coelho Ah, amiga eu vou me esforçar para trazer todas as resenhas atrasadas, é que a monografia me toma muito tempo. Que bom que gostou da resenha! :)

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Fiquei super curiosa para conhecer Phaedra, acho que vou curtir esse livro, e Elliot parece bem interessante também. Eu ainda não o li o primeiro livro, mas tenho ele aqui. Eu gosto de romance histórico, tenho que ler mais.

    bjks

    ResponderExcluir
  4. Oi Rafa,

    A resenha ficou ótima. Muito bem escrita. O que pega para mim é o genêro, sou curto muito romance histórico, hehehehe. E ainda mais sendo uma trilogia...

    Abraços.

    http://milvidasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo