10/05/2012

Tudo o que ela sempre quis.





    Tudo o que ela sempre quis é um daqueles livros que a primeira vista você não fica muito impressionado e nem ansioso pela leitura; o título não te diz muita coisa e nem desperta sua curiosidade, a capa é bem simples e não te causa nenhum tipo de fascínio.
    O brilho do livro está no conteúdo e você percebe isso quando começa a se envolver com a narrativa. Barbara Freethy nos apresenta um romance regado a mistério e muito suspense que convida o leitor a buscar as pistas que solucionará o enigma em torno da morte de Emily Parish.
    Tudo começa há dez anos quando Natalie, Emily, Laura e Madison se conheceram na universidade e formaram o grupo "As quatro fantásticas". Elas eram quatro garotas de dezenove anos com sonhos e expectativas de vida diversas que encontram em uma intensa amizade um forte elo que uni suas diferentes personalidades.
    Entretanto em uma noite de festa, Emily morre ao cair da cobertura do prédio onde dividia um quarto com Natalie. A morte da garota afetou completamente a vida das amigas, mas é Natalie quem se sente mais culpada pelo que aconteceu.
    Agora, depois de dez anos que a tragédia aconteceu e vivendo vidas bem diferentes as quatro amigas se reencontram por causa de Garret Malone, um misterioso escritor que entrou para a lista dos mais vendidos com um livro que conta uma história assombrosamente parecida com a que "As quatro fantásticas" compartilharam.
   "Fallen Angel" traz à tona segredos e detalhes da vida íntima das amigas e ainda sugeri que Emily, na verdade foi assassinada e coloca Natalie Bishop, melhor amiga de Emily no papel de assassina. 
   Assim, Natalie se vê obrigada a mergulhar em uma busca a fim de descobrir a identidade desse autor e os motivos que o levaram a acusá-la de um crime que pode destruir sua carreira na medicina. 
    E para desvendar esse mistério ela contará com a ajuda de Cole Parish, seu ex- namorado e irmão de Emily. Eles viveram um intenso romance que foi interrompido por tudo o que aconteceu no passado e pela imaturidade de Cole; e os dois têm agora uma nova chance fazer com que essa história dê certo.
 Doía saber que ele não acreditava nela. Cruzou os braços, sentindo frio e solidão. Deveria estar acostumada a esses sentimentos. Mas era pior com Cole por perto. Ela se lembrava daquele curto período quando tinha amor no coração, quando acreditava que havia felicidade no mundo..." pág. 56 
 Eu fiquei vidrada nessa história logo nas primeiras páginas do livro, e por se tratar de um suspense mesclado com um romance muito fofo, a leitura é muito rápida e envolve o leitor no mistério que cerca a vida das protagonistas da história.
  A narrativa é muito bem construída e o segredo é guardado até os momentos finais, confesso que aquilo tudo nem passava pela minha cabeça apostava em outra solução para o enigma, errei feio. ;)
  O livro é narrado em terceira pessoa onde o foco da narrativa é intercalado entre as quatro amigas e as situações em que se envolvem durante a busca por respostas para os segredos do passado. 
  Esse foi um dos poucos livros em que eu gostei de todos os personagens, o que é bem difícil, pois em uma história sempre há algum personagem que não nos agrada. Eu gostei bastante da escrita e do estilo da Barbara Freethy, ela escreve de forma agradável e de fácil compreensão e isso dá agilidade à leitura.
  Tudo o que ela sempre quis é uma leitura gostosa e que prende o leitor em uma trama instigante; para quem gosta de um suspense com toques de romance vai se encantar com essa história. 
           
    

    
     

8 comentários:

  1. Já tinha lido outras resenhas de Tudo o que ela sempre quis e fiquei super curiosa para saber o que aconteceu com a Emily!
    Realmente, é muito difícil gostarmos de todos os personagens de um mesmo livro, aliás, acho que isso nunca aconteceu comigo heheheh

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua resenha, parabéns mais uma vez pela ótima escrita.
    Não sabia que esse livro era tão legal, vou colocar na minha lista \o/
    Não lembro de um livro que eu tenha gostado de todos os personagens, parabéns pelo envolvimento!!!

    ResponderExcluir
  3. Não fazia a minima ideia do que se tratava essa história. Eu adoro historias de investigações policias, e adoro um bom romance policial.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Estou com esse livro aqui em casa e louca para ele logo, parece ser muito bom.
    Beijos
    http://docetimidez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Rafa, que livro bom, né?!
    Também devorei, li numa madrugada, não conseguia desgrudar, fiquei vidrada mesmo!
    Gostei dos personagens, da forma como a história foi desenvolvida, do mistério que mostrou que nem todo mundo é como a casca que a gente vê, enfim, e a autora tratou de forma especial a retomada da amizade e de uma forma bem feita.
    Beijocas!
    www.amorporclassico.com

    ResponderExcluir
  6. A capa e o nome desse livro me enganou direitinho, eu achei que fosse um romance açucarado ou talvez um chick-lit, mas depois de ler a sinopse fiquei surpreso em descobrir que era um suspense, e assim como você também é raro eu ler um livro onde todos os personagens me agradam.
    Abraços.

    http://viciadoemlivrosefilmes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Suspense e romance são sempre uma receita de sucesso, espero ler em breve.

    Bjos!

    Cida

    ResponderExcluir
  8. Eu estava super na dúvida de ler esse livro, mas depois de ler sua resenha, fiquei com vontade de ler. Adoro suspense e ainda mais dizem que é parecida com a série PLL que eu gosto.
    Beijinhos!

    Camila.
    loucuradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo