julho 01, 2014

Padma.

Autora: Kelly Hamiso
Editora: Novo Século (Selo Talentos da Literatura Brasileira)
Páginas: 512
Gênero: Romance                                                                     
Avaliação:                                                                                            

        


                                                 
Adicionar no SkoobCompre: Saraiva | Cultura | Americanas
   
  Você já foi fisgado por um título? Pois é, Padma começou despertando minha curiosidade com um título intrigante. Nunca havia ouvido falar no termo e fiquei me perguntando o que ele significava dentro da história; isso instigou minha curiosidade e me fez ficar atenta a tudo dentro da trama. Diante disso, posso afirmar que a Kelly conseguiu me surpreender com o contexto muito bem elaborado da história. 

 Padma nos transporta para um universo de romance com elementos sobrenaturais que deixam o enredo ainda mais interessante. Nossa protagonista se chama Jéssica Garbes, ela é uma garota de apenas dezessete anos, mas é herdeira de uma grande fortuna e uma modelo fotográfica bastante famosa nos Estados Unidos onde mora na companhia de Sérgio, seu chofer a quem considera um amigo. 

 Mesmo com todo seu império e sucesso, Jéssica é uma jovem solitária que sofre com a ausência da mãe e com a morte prematura do pai. Vive controlada por Sérgio que nutre uma paixão obsessiva e doentia por ela, ele é ciumento e controlador, manipula a vida dela de acordo com as vontades dele afasta qualquer pessoa que possa querer se aproximar dela e não permite que a garota tenha amigos. 

 Jéssica não percebe os sentimentos do chofer e faz sempre tudo o que ele quer porque o considera um grande amigo e protetor. Sua vida muda quando ela volta para o Brasil e decide passar algumas semanas na casa da avó, lá ela reencontra o tio e conhece a turma de amigos dele.

 Entre esses amigos está Beto Gonçalves, um dos melhores amigos de Xande, tio dela. Ele é um rapaz de vinte e três anos, mecânico e trabalha na mesma oficina que Xande, só que Beto vive uma realidade completamente diferente da de Jéssica. 

  Ele é diferente dos outros da turma, parece não gostar da presença dela, é sempre sério e mal-humorado, mas sua atitude rebelde em vez de afastar a garota só faz aproximá-la ainda mais. Beto sabe que não pode se envolver com Jéssica, a vida que leva é muito perigosa para uma garota como ela, mas os dois não conseguem evitar a atração e o sentimento que surge entre eles.

  E para ficar juntos precisam enfrentar as diferenças que podem separá-los, a ira de um homem possessivo, os perigos e segredos que envolvem Beto e as maquinações, manipulações e interferências de seres sobrenaturais que desejam mudar o curso de suas vidas. 


Cada livro nos conquista com um aspecto ou detalhe que se destaca dentro do enredo, Padma me cativou por meio de seus personagens. Todos eles são bem construídos e são fundamentais para o desenvolvimento da narrativa.

 No início da leitura quando Jéssica nos é apresentada, acreditei que ela seria mais uma protagonista bobinha sem opinião própria e influenciável, mas para meu contentamento ela se tornou uma mulher forte, que sabe o que quer e luta por isso, que enfrenta seus medos e problemas com determinação e segue sempre aquilo que acredita. O legal é que o crescimento da personagem foi gradativo e de acordo com as adversidades que ela precisou enfrentar. 

 Beto é um cara estourado, impulsivo acostumado a ocupar a função de líder dentro da organização da qual faz parte, mas é um homem que se autodespreza e isso se intensifica quando se envolve com Jéssica; ele não consegue entender a razão de ela gostar dele. 

 Sabe aqueles personagens que despertam nosso instinto de proteção? Pois é, Beto é um deles; a questão é que ele é uma vítima de suas próprias escolhas. Ele é um mocinho cheio de falhas, não tem nada de perfeito ou correto e é isso que o torna tão real. 

 Sheila, Tucaio, Bel e Mayra são personagens secundários muito cativantes, a amizade que eles demonstram, os momentos de descontração em algumas cenas conquistam o leitor ainda que saíbamos exatamente em que todos estão envolvidos. 

Kelly Hamiso escreve de forma objetiva e segura, demonstra domínio da narrativa até o fim, sua linguagem é fácil de absorver e envolve o leitor com facilidade. 

  A narrativa se desenrola em terceira pessoa nos dando uma visão ampliada de toda a história, temos acesso aos sentimentos, emoções e intenções o que é mais importante, de todos os personagens da trama. Assim é mais fácil compreender todos os lados da história. A narrativa  é fluida e prende a atenção do início ao fim, devido aos mistérios que permeiam o enredo. 

 Um outro ponto que me agradou bastante no livro foi a originalidade e criatividade do texto, temos uma trama bem estruturada com elementos sobrenaturais e elementos da vida real que se mesclam muito bem nos proporcionando uma narrativa bem consistente. 

  Durante a leitura me senti em uma montanha-russa, quando acreditava que a história seguiria um determinado rumo a autora me surpreendia e a narrativa sofria uma reviravolta de modo que eu não tinha a miníma ideia do que aconteceria ou de que final a história teria. Essa incerteza foi ótima porque me senti instigada e desafiada a todo momento. 

  A capa do livro é muito linda muito bem construída e bem harmonizada com a história, ela transmite a ideia central da narrativa. Destaque para a lombada, eu nunca havia admirado tanto a lombada de um livro antes, mas a desse é muito fofa! 

  A diagramação é simples e apesar do livro ter um formato pequeno, as letras estão em tamanho ótimo para leitura. As páginas são amareladas e cada capítulo se inicia com uma frase ou palavra que tem relação com o que vai ser abordado dentro do capítulo. 

  Minha única observação fica por conta do Sérgio, ele era um personagem que prometia situações mais marcantes dentro da narrativa e acabou ficando apagado, seu sumiço dentro da história ficou com uma explicação um pouco superficial.  

  Padma é uma trama cheia de surpresas com uma história de amor arrebatadora e intensa, que mostra o quanto esse sentimento nos torna capazes de enfrentar todas as adversidades possíveis provando ainda, que somos capazes de enfrentar e superar qualquer dificuldade por aquilo que acreditamos e principalmente por aqueles que amamos.    


4 comentários:

  1. Ola Rafa tudo bem? Adoro romances assim! E senti que os personagens secundários são tão graciosos quanto os protagonistas! Fiquei curiosa.

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  2. Nao conheço a autora, nem sua escrita, mas me pareceu que a historia criada no livro é boa, vou deixar anotado aqui para quando eu tive uma oportunidade compra-lo.

    ResponderExcluir
  3. Rafa confesso que não fiquei curiosa com o titulo e não gostei da capa. Mas depois de ler sua resenha fiquei até interessada, quem sabe um dia, agora estou cheia de prioridades vc sabe.
    Mas como assim a parte do Sérgio não foi o esperado??? Foi o que mais me deixou tensa e curiosa para saber como ela iria perceber e se livrar dele, que medo!!!
    Romance, mistério e sobrenatural??? Parece interessante mesmo. Valeu pela dica e parabéns pela ótima resenha!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca tinha ouvido falar desse livro, mas parece ser um bom livro. Ótima resenha!

    Beijos, Paradoxo Perfeito

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo