Fechando o Mês!



           Olá, galerinha! 
     
     E eis que o mês de Agosto está dando adeus e com isso é dia de vermos o que rolou de bom por aqui. Eu não li tanto quanto gostaria, li bem menos por causa do meu projeto monográfico que já está em fase final (ufa!). :D
    Me esforcei bastante para não deixar o blog tão parado o que foi bem difícil, mas deu para ler um pouco mesmo porque precisei da leitura como forma de me acalmar e fugir do estresse que a monografia provoca. 
    Mudando de assunto, Setembro é um mês super especial para mim já que faço aniversário no dia 13. Já até ganhei presente antecipado, mas só vou mostrar para vocês no próximo Na Minha Estante que vai estar recheado assim espero! ;)
    Que pena que não vou poder comprar nada em Setembro porque vou esperar a Feira do Livro da minha cidade para vê se os preços estão melhores do que o ano passado, os livros estavam um absurdo de tão caro. 
    Estou planejando uma promoção de nacional e a volta do comentarista premiado para os próximos dias, então fiquem de olho no blog. ;)
    Vamos lá ao Fechando o Mês de Agosto:

  *Lidos no mês:

 1. A Garota do Penhasco.
 2. Perseguição Digital.
 3. De repente, é ele.
 4. Como Salvar um Vampiro Apaixonado.
 5. Uma Longa Jornada.
 6. O Lobo e a Pomba.
 7. Obsessão.

*Lendo Agora:
    No momento estou me deliciando com o livro da Carol Sabar, Azar o Seu! Gente, o livro é muito bom! Os personagens são divertidos, a história é fofa e linda e eu estou apaixonada pela escrita da autora. Já estou no finalzinho e com muita dor no coração porque eu queria mais MUITO mais da história! hahaha

*Resenhas do mês:

 O Julgamento de Gabriel
 A Garota do Penhasco
 Perseguição Digital
  
*Comprei em Agosto:
     Não comprei nada em Agosto, mesmo morrendo de vontade de me jogar na compras consegui me controlar ao menos um pouquinho; e olha que foi difícil com aquela promoção do submarino. Segui o conselho da minha amiga Aline (amiga, dessa vez consegui!) e passei longe dos sites com promoções! rsrsrs

 *Desejando Comprar no momento:
      Estou louca para comprar Quero ser Beth Levitt da Samanta Holtz, estou muito curiosa para conhecer a história e só pelas imagens que vi o livro parece estar muito lindo. Quero muito!;)

 *Pretendo ler em Setembro:
     Dessa vez não vou fazer nenhuma lista de leitura do mês porque não sei o que acontece comigo que acabo fugindo totalmente da lista. Quando vou pegar os livros para ler esqueço totalmente dos que escolhi! #alouca 

 *Meta de leitura:
     Estou muito contente com a evolução minha meta de leitura, já li 69 livros em 2013 lembrando que minha meta é 100 no ano. Estou confiante que vou chegar a Dezembro com a meta cumprida. :)

  Então esse foi o mês de Agosto; e eu que pensei que iria ser pior, mas estou satisfeita com as leituras. Espero que Setembro seja muito melhor! 
  E como foi o mês de Agosto de vocês? Me contem aí! 
  
  Beijos, e até logo! 

                           




Como Salvar um Vampiro Apaixonado.






























      Adicionar ao SkoobCompre: Submarino| Saraiva | Cultura
       
  Como Salvar um Vampiro Apaixonado foi um dos lançamentos que mais aguardei em Agosto. Depois de ter lido o primeiro livro da série, e ter me apaixonado pelos personagens e pelo estilo de escrita da autora estava com grandes expectativas e muito ansiosa para conferir a continuação. 
   O segundo e último volume da série narra a nova vida de Jessica Packood; depois de descobrir sua verdadeira identidade juntamente com sua herança real e se apaixonar pelo convencido príncipe Lucius Vladescu, a jovem deixa sua vida de adolescente para trás e ser torna a esposa do príncipe vampiro mais poderoso da Romênia. 
   Em sua nova vida como princesa vampira, Jessica precisa se acostumar com suas novas responsabilidades de soberana de dois clãs de vampiros poderosos que um dia foram inimigos. Lucius ambiciona ser rei e estabelecer novas leis a fim de trazer a paz aos clãs, e precisa de Jessica ao seu lado. 
   Para isso Jess precisa provar aos seus súditos que está preparada para ser a rainha que eles desejam e que é capaz enfrentar as obrigações que sua nova vida exige. 
    A questão é que em meio a tudo isso há vampiros perigosos que fariam qualquer coisa para vê-la se dar mal e tirar de Lucius seu poder de líder do clã. E a chance se apresenta quando ocorre um assassinato misterioso e o príncipe é acusado de cometer o crime. 
   Com o marido preso na masmorra do castelo a espero de um julgamento que pode condená-lo à destruição, Jessica se vê obrigada a assumir seu posto de princesa e governar sozinha. 
   Agora ela precisa enfrentar vampiros perigosos, buscar provas da inocência de seu marido e principalmente fazer de tudo para não arruinar os planos de Lucius em torná-los rei e rainha. Jess contará a ajuda de Mindy, sua melhor amiga e Raniero Lovatu primo de Lucius para descobrir quem é o inimigo obscuro que ameaça destruir sua vida. 
  - Chore agora, Jessica, para que isso não aconteça quando eu for levado embora, pois no nosso mundo não existe fiança. Claro que serei detido, já que o crime é a destruição e as provas são contundentes. Essa também é nossa lei..." pág. 93-94
    Sabe quando você está super ansiosa para ler um livro, mas quando finalmente o ler não é tudo aquilo que você esperava? Foi isso que aconteceu com Como Salvar um Vampiro Apaixonado
    A sinopse prometia uma história movimentada, com mistério e claro o romance fofo de Lucius e Jessica, mas o que percebi foi uma narrativa morna, sem as característica que me conquistaram no primeiro livro. 
   A primeira diferença inquietante foi no modo de ser e personalidade de Lucius, senti muita falta do seu humor sarcástico e debochado que tanto encantou os leitores, quase não reconheci o personagem. Só temos um vislumbre do velho Lucius nos e-mails que ele troca com o primo. 
   Antanasia (Jessica) foi outra personagem que decepcionou bastante, ela está bem diferente da garota que conhecemos no último livro. Percebemos uma fragilidade irritante na personagem, Jessica está sempre com medo e se mostra muito fraca diante das situações que surgem e por causa dela a leitura se tornou um tanto cansativa. 
   A narrativa ficou centrada apenas no desejo de Lucius em se tornar rei e eu senti que a história poderia ter sido muita mais desenvolvida, mesmo o mistério que envolvia o grande inimigo do casal ficou bastante óbvio durante a leitura. O livro é narrado em primeira pessoa na visão da Antanasia e Mindy e através dos e-mails que Raniero e Lucius trocam. 
  Eu não gosto quando os capítulos são intercalados na visão de vários personagens, mas nesse caso eu gostei muito mais quando a história era narrada pela Mindy; a personagem me agradou bastante, pois além de ser muito engraçada se mostrou muito mais esperta e decidida do que a protagonista; o romance dela com Raniero é muito lindo! 
    Senti que o final também foi muito abrupto para o desfecho de uma série, esperava uma narrativa mais emocionante e empolgante. Beth Fantaskey não conseguiu me impressionar dessa vez, mas deu para matar as saudades dos personagens que tanto me conquistaram em Como se Livrar de um Vampiro Apaixonado.
    O que eu gostei mesmo foi da capa do livro, achei muito linda com a imagem que representa os protagonistas e a mistura das cores preta e roxa dando um toque vampírico ao livro. A diagramação é simples, as letras são de bom tamanho para leitura e os capítulos são curtos. 
   Como Salvar um Vampiro Apaixonado não se mostrou tudo o que eu esperava, mas foi uma boa leitura para descontrair e matar as saudades de um personagem marcante que me conquistou desde a primeira página. É uma leitura que os fãs da série não podem deixar passar. 

                                           
           

De repente, é ele.



                                       
Adicionar no SkoobCompre: Submarino| Saraiva | Cultura 

    De repente, é ele foi o primeiro livro da Susan Fox que li, mas pelo que pesquisei, ela é autora também de alguns romances de banca e só por isso ela já me deixou curiosa, já que adoro esses livrinhos. 
   Esse livro faz parte da série Wild Ride To Love que narra as histórias das irmãs Fallon. Os livros dessa série são independentes com protagonistas diferentes e cada história se passa em um meio de transporte durante uma viagem. 
  De repente, é ele é o terceiro volume da série e conta a história de Jenna Fallon, a irmã rebelde que adora uma aventura e prefere não ter compromisso com nada e nem ninguém. 
  A história se desenrola durante uma viagem de carro; Jenna precisa voltar para casa, pois sua irmã caçula vai se casar. Então ela pega a estrada em seu velho conversível que deu o nome de Mellow Yellow rumo à casa de sua família, em Vancouver. 
 Depois de uma parada em um posto de gasolina, o Mellow Yellow se recusa a voltar a funcionar; com pouco dinheiro no bolso Jenna decide que sua melhor opção é pegar uma carona até seu destino. 
  Mark Chambers é um biólogo marinho apaixonado pelo oceano e que não consegue ficar preso em um mesmo lugar por muito tempo. Ele está viajando em seu trailer Westfalia para participar de um simpósio sobre mudanças globais em sistemas socioecológicos marinhos, onde irá apresentar um trabalho. 
   Os caminhos de Mark e Jenna se cruzam quando os dois se conhecem em uma lanchonete de beira de estrada, e Jenna pede uma carona ao cientista já que, ele também vai para Vancouver. Mesmo tentado alertá-la que não é seguro pedir carona a um estranho e depois de resistir um pouco, Mark acaba cedendo e os dois se tornam companheiros de viajem. 
  Em apenas dois dias Mark, o homem responsável, organizado e cheio de planos de vida e Jenna, a mulher sem responsabilidades, que adora a liberdade e detesta planejamentos, mesmo sendo totalmente opostos descobrirão uma forte atração que os fará analisar mágoas do passado. 
   E à medida que vão se conhecendo melhor, sentimentos novos e inesperados vão surgindo, e os dois precisam decidir se querem ou não se despedir ao final dessa viagem.
  Ele queria que ela fosse outra pessoa. Que tivesse a mesma curiosidade intelectual, a mesma percepção e o mesmo senso de diversão, mas que fosse uma mulher comprometida com uma causa e com um homem. Pois assim ela seria uma mulher com quem ele poderia se importar..."  pág. 125
  Eu não tinha expectativas elevadas quando peguei esse livro para ler, apenas achei que fosse uma leitura agradável e igual a qualquer outro romance hot que tem surgido por aí. Depois de algumas páginas, a leitura foi me envolvendo e quando percebi já estava torcendo pelos personagens e imaginando como aquele impasse da história se resolveria. 
  De repente, é ele é uma boa leitura para descontrair e passar o tempo; no enredo não há questões tão complicadas a serem resolvidas e os personagens não tão complexos, além de ser fácil trazê-los para a realidade. 
  Ainda temos a protagonista com marcas do passado que se refletem e influenciam sua vida, mas nada tão traumático e perturbador. Jenna é uma garota que podemos encontrar facilmente no cotidiano, ela adora uma diversão, não segue regras, e vive chocando as pessoas e principalmente sua família com as atitudes que toma.
  É uma mulher de quase trinta anos, que vive como uma adolescente viajando de um lugar para o outro sem emprego fixo ou uma carreira a qual se dedicar. Ela foge de qualquer sinal de relacionamento sério, não acredita e nem prática a fidelidade. 
   Mark é um homem que cresceu em uma comunidade hippie, mas que depois de ir viver com os avós conheceu o sentido de responsabilidade, de regras e de família. Mesmo que nunca tenha se envolvido com mulher nenhuma ao ponto de se apaixonar, ele deseja um dia construir sua própria família é esse desejo que o afasta de Jenna. 
   A narrativa é fluída, rápida e a leitura é leve já que os dois personagens gostam de sol, mar e natureza. O ambiente em que a história se desenvolve é a estrada, então é fácil de visualizar as praias e os parques de acampamento.  
   O livro é narrado de duas formas diferentes, em primeira pessoa na visão da Jenna e em terceira quando o foco é Mark, os capítulos são alternados entre os dois personagens. Eu sempre gosto quando temos pontos de vista diferentes na narrativa, é bem melhor para compreender a história. 
  Eu gostei muito das capas dessa série, são muito bonitas. A diagramação é simples, mas o espaçamento do texto incomoda um pouco até você se acostumar, utilizaram um espaçamento muito longo entre os parágrafos. 
  De repente, é ele conquista com uma leitura relaxante e agradável, para quem busca um romance sem muito drama, prazeroso e despreocupado, o livro é uma boa leitura.             
                                                   

Agenda Literária.


     Olá, queridos!

   Faz um tempinho que essa coluna não aparece por aqui, mas como esse mês vários eventos legais vão acontecer por aí vim compartilhar alguns aqui com vocês. Queria poder participar de todos, mas como nenhum vai ser na minha cidade vou ter ficar só na vontade! hehehe
  No final de Agosto e inicio de Setembro teremos a Bienal do Livro no Rio de Janeiro e como eu não vou poder estar presente vou apenas acompanhar as surpresas através dos blogueiros que estarão por lá. :)
  Então vamos aos eventos que selecionei para mostrar a vocês:

              Lançamento Quero Ser Beth Levitt.


  Nos últimos dias vocês devem ter visto que o novo romance da querida Samanta Holtz chegou às livrarias do Brasil, e os leitores que amaram O Pássaro estão ansiosos para conhecer essa nova história. Só pela sinopse já dá para saber que é um romance lindo! :)
   Estou morrendo de curiosidade e em breve estarei garantindo o meu exemplar, só estou triste porque não terei o autógrafo da Samanta, mas tudo bem. rsrsrs
   Para quem estará na Bienal terá o privilégio de ter o seu livro autografado e se for rápido ainda terá a chance de ganhar esse fofo chaveiro de sapatilha. Então, corram para o estande da Novo Século! :D

       Lançamento de Antes Tarde que Mais Tarde e Antes Tarde que Mais Tarde Ainda.
   
    Outro lançamento nacional super legal para quem vai estar na Bienal. Liana Cupini estará na Bienal no dia 07/09 as 17:00 no stande da Modo Editora lançando os livros Antes Tarde que Mais Tarde a nova edição e Antes Tarde que Mais Tarde Ainda! 
    E quem tem um blog parceiro da autora ganhará brindes especiais, não percam! :)

        Sessão de autógrafos com Leila Rego.


  Na Bienal também terá sessão de autógrafos com a Leila Rego, autora de Amigas Imperfeitas e da série Pobre Não Tem Sorte. Marque na agenda 07 de Setembro as 14 horas. :)

                     Nicholas Sparks no Brasil.



    Mais uma novidade muito legal, o Nicholas Sparks estará no Brasil divulgando seu novo livro Uma Longa Jornada. O autor passará por São Paulo, Curitiba e estará também na Bienal do Rio de Janeiro. Não perca a oportunidade de garantir seu autógrafo. :)
  Confira as datas:

 São Paulo
 Saraiva Center Norte, dia 28/08/2013, às 19 horas.

 Curitiba
 Livrarias Curitiba do Shopping Paladium, dia 29/08/2013, às 19 horas.

 Rio de Janeiro
 Bienal, dia 31/08/2013, dividido em duas etapas: bate-papo e sessão de autógrafos. 
  De 12h às 13h - Bate-papo com o autor.
  De 13h às 15h - Sessão de autógrafos no mesmo local onde foi o bate-papo.  
                             Lançamento de Linhagens.


    Linhagens é a sequência de Cisne da autora nacional Eleonor Hertzog, ainda não li o primeiro livro, mas ele já está incluído nas minhas próximas leituras. O lançamento de Linhagens será dia 01/09/2013 às 15 horas no estande da Letralmpressa/EraEclipe - Pavilhão Verde da Bienal. 
  Mais um super lançamento nacional na Bienal; não esqueça de garantir seu autógrafo! 

   Então galera, esses foram alguns eventos bem legais para quem for estar na Bienal prestigiar. Infelizmente eu não vou estar nesse paraíso dos leitores, então quem tiver a oportunidade de estar lá aproveite tudo, e depois compartilhem comigo a experiência! ;)

  Beijos, e até breve!
                                

Na Minha Estante.



    Olá leitores!
    Vou logo pedindo desculpas pelas poucas postagens dos últimos dias, mas como tinha avisado estou me dedicando ao trabalho de conclusão do curso então as postagens do blog vão atrasar um pouco. Vou fazer o possível para não deixar o blog abandonado. 
    Hoje vim mostrar o que chegou nas últimas semanas, esse post já era para ter ido ao ar estava esperar chegar mais algumas coisas, mas como ainda vai demorar um pouco vou mostrar logo as cortesias que recebi e no próximo Na Minha Estante trago alguns livros legais que ganhei! :)
    Vamos conferir minhas novas aquisições:


                   A Garota do Penhasco e De Volta para Casa.

  
      Já li a A Garota do Penhasco e gostei da história, veio um marcador lindo e um chaveiro em forma de sapatilhas de balé. Muito fofo! 
     Já li também De Volta para Casa, gente o livro é emocionante. Eu adorei! Em breve vou postar a resenha. Veio um marcador, mas fiquei triste porque não veio o colar que acompanha o kit. :(

                      A Menina que Semeava e Aconteceu em Paris.

     A Menina que Semeava tem uma capa linda e a sinopse sugere que a história será emocionante, estou curiosa. No kit veio um marcador muito lindo e um vidrinho com essência de tamarisk, é muito cheiroso! :D
     Já li Aconteceu em Paris e gostei muito é um chick lit muito divertido parece que terá continuação! Em breve trago resenha. 
    No kit veio uma marcador super charmoso, uma ecobag e um protetor de pescoço para viagem. 

                                           Refém da Obsessão.

     Essa é a continuação de Ladrão de Almas, eu gostei muito do primeiro livro e estou bem curiosa para saber que rumo a história tomará. Será uma das minhas próximas leituras. A caixa desse kit foi a que mais gostei, muito linda e criativa! *_*

                          Beijada por um Anjo Eternamente.

     Faltava só esse livro para completar a série, agora vou poder ler na sequência. Eu acho essas capas muito lindas e estou ansiosa para saber como terminará a série. No kit veio a linda almofada de penas, a caixa está super fofa e criativa. :)

               Como Salvar um Vampiro Apaixonado e Uma Longa Jornada.

     Como salvar um vampiro apaixonado é a continuação tão aguardada de Como se livrar de um vampiro apaixonado, eu estão MUITO ansiosa para ler esse livro. Amei o primeiro e o Lucius me encantou, estava com saudades. :)
    Uma Longa Jornada foi uma surpresa para mim porque não estava esperando o livro; quando cheguei em casa e vi o kit fico super feliz porque gosto bastante dos livros do Nicholas Sparks, e esse parece ter uma história linda. Veio marcadores, bottom e um porta-retratos; serão próximas leituras, aguardem resenhas em breve! :)

  
 
                                      De repente, é ele.

     Esse é um dos lançamentos do novo selo da Editora Gente (Única Editora), De repente, é ele é o terceiro livro da série Wild Ride To Love onde acompanhamos os romances das irmãs Fallon. Os livros estão sendo publicados fora de ordem, mas ainda bem que isso não prejudica a leitura já que as histórias são independentes.
    Estou lendo o livro e até agora gostando da história, é um romance hot e foge daquele padrão de moça ingênua e bonitão dominador. A narrativa é bem legal.
     De repente, o amor é o segundo livro da série e também já foi publicado no Brasil. Quero ler todos e as capas são muito lindas né?!

    Por hora é isso pessoal, essas foram minhas últimas aquisições. Estou lendo um pouco menos do que estou acostumada esse mês, mas estou aproveitando todo tempo disponível para pôr em dias as leituras atrasadas. 

  Beijos, e até logo!

                                   
        

Perseguição Digital



Adicione no SkoobCompre: Saraiva | Cultura | Autora
                                                                               
      Nada melhor do que um Domingo em que não temos nada para fazer e também nada de interessante para assistir na TV, para colocar a leitura em dias e pegar aquele livro que estava na pilha há tempos, mas que você precisou adiar a leitura. Pois é, foi isso que aconteceu com este livro.
     Uns meses atrás eu peguei Perseguição Digital para ler, mas logo no inicio a leitura não fluía não conseguia me envolver com a história por causa de alguns termos do mundo tecnológico que não estava familiarizada (mesmo com as notas de rodapé do livro) e também pela protagonista que me incomodou um pouco no começo da leitura.
  Então no último Domingo peguei novamente o livro para ler e foi aí que me surpreendi com a história; depois que comecei não consegui mais desgrudar do livro e o devorei no mesmo dia. 
   Perseguição Digital conta a história de Joana Lindenberg, uma moça que trabalha com tecnologia, computadores e por isso tem um vasto conhecimento computacional. Ela é uma mulher bonita, corajosa, inteligente, forte e sabe o que quer; tem uma vida confortável, e possuí estabilidade financeira, mas  ela perde o chão quando Fernando depois de cinco anos de relacionamento, sai de casa abandonando-a sem nenhuma explicação ou motivo aparente. 
   Joana entra em desespero, nada mais tem sentido em sua vida e a depressão a afeta profundamente. Ela não consegue esquecer o ex-namorado, então se torna uma espécie de hacker e começa a investigar e invadir a privacidade de Fernando, usando seu conhecimento para descobrir o real motivo de seu namorado tê-la abandonado. 
  E durante essa investigação, Joana deixará de lado o bom senso, a razão e interferirá na vida de outra pessoa chegando ao ponto, de cometer um crime em nome do grande amor que sente. Entretanto Joana acredita que precisa seguir com seus planos, mesmo que aos olhos dos outros pareça loucura. 
- Jô... Calma! Eu só estou tentando fazer você entender que está errada e que não será dessa forma que conseguirá resolver os seus problemas. Você está completamente obcecada. Essa ideia fixa em Fernando está a levando a cometer loucuras, estou muito preocupada com você minha irmã..." pág. 96
  Eu adoro quando um livro nos surpreende ao final da leitura, mesmo com os contratempos que tive no inicio da leitura Perseguição Digital foi uma leitura muito agradável e me conquistou com personagens carismáticos como a pequena Michelle e a sensata Carolina, e também personagens complexos como a própria Joana e o misterioso Fernando. 
  A história só conseguiu me prender depois da página 40, mas o livro possui um clima de suspense e mistério que confundi o leitor e o deixa sem saber em que acreditar ao logo da leitura.
  Joana é uma personagem que me fez sentir amor e ódio ao mesmo tempo; ela é uma mulher obstinada isso eu admirei nela, ela ama Fernando incondicionalmente e acredita nesse amor até o fim. Houve momentos em que pensei que ela fosse louca tamanha a sua obsessão por ele; depois Joana vai mostrando o seu ponto de vista e argumentos ao leitor fazendo com que toda a imagem que tínhamos dela seja modificada.
 O Fernando fica no nosso imaginário até certo ponto da narrativa, primeiro eu achei que o cara fosse um cretino sem-vergonha, mas depois fui percebendo que havia mais naquela história do que estava aparente. 
  A narrativa é desenvolvida em terceira pessoa com o foco na Joana, mas em alguns momentos temos a visão de Fernando em algumas situações da história, é nesse momento que sabemos um pouco mais sobre o personagem.
  A mensagem que a história passa também é linda, a força e determinação da protagonista desperta admiração e mesmo que no começo você tenha rejeitado a Joana, no final tenho certeza ela terá conquistado você. 
  O livro tem páginas brancas e para quem não gosta pode ser um problema, para mim não traz nenhum desconforto; as letras têm um tamanho bom e os capítulos têm títulos super criativos que misturam dizeres populares com palavras do universo tecnológico. Achei isso muito legal! 
 Perseguição Digital faz você pensar em até que ponto uma pessoa pode chegar por amor, e se tudo pode ser perdoado e justificado em nome desse sentimento. 
 Para quem gosta de romances com mistérios para solucionar e respostas para buscar precisa conhecer Perseguição Digital é uma leitura indispensável. E mais uma história para encantar! ;)


A Garota do Penhasco.




























Adicione no SkoobCompre: Submarino| Saraiva| Cultura

    A Lucinda Riley já conquistou um espaço muito especial no meu coração, suas histórias são promessas de leitura prazerosa, narrativas bem escritas com mistérios e segredos que influenciam a vida dos personagens. Toda vez que pego um livro da autora para ler, já espero me emocionar e me encantar mais uma vez com o talento que ela tem para contar histórias.
   A Garota do Penhasco narra a perturbadora história de duas famílias entrelaçadas pelo destino e por mágoas do passado. Nós somos introduzidos na história a partir do encontro de Grania Ryan e Aurora Devonshire.
   Depois de passar por uma grande tristeza que a deixa devastada, Grania Ryan decide deixar sua carreira de escultora em Nova York, sua casa e o homem que ama para voltar a pequena fazenda de sua família, na Irlanda. 
   Magoada e tentando superar a dor que sofreu, ela aproveita as caminhadas para pensar em sua vida e em tudo que aconteceu. Em uma desses passeios a beira de um penhasco ela encontra uma garota de aparência frágil e que parece estar em perigo; Grania fica logo impressionada com a criança.
   A partir daí os caminhos de Grania e Aurora se cruzam as duas acabam ficando muito próximas e um forte carinho e afeição surgem no relacionamento delas. Aurora é uma garota órfã de mamãe que vive a maior parte do tempo aos cuidados de preceptores e empregados, já que seu pai é quase sempre ausente. 
  Levada pela garota, Grania começa a frequentar a Casa Dunworley, o que não agrada nada Kathleen, sua mãe. A amizade entre a mulher e a criança se torna mais forte à medida que Aurora não se sente mais tão sozinha, e Grania encontra consolo para a dor que ainda sente.
  Assim que Grania passa mais tempo com Aurora na Casa Dunworley, ela conhece Alexander Devonshire, o belo pai da garota, e sua ligação com a família Lisle fica mais intensa quando Alexander pede que Grania faça companhia a Aurora enquanto ele embarca em suas viagens misteriosas. 
  É durante esse tempo que Grania descobre mais sobre os conflitos de sua família e a relação trágica que possuem com a família Lisle. Segredos enterrados há tanto tempo acabam vindo à tona e uma história tocante termina por ser revelada e novamente o destino insiste em aproximá-los. 

 (...) Quaisquer que fossem seus sentimentos em relação à Aurora, a criança não podia ser responsabilidade sua. E não poderia permitir que a história se repetisse..." pág. 299  
   Quem já leu algum livro da Lucinda Riley deve compreender o quanto suas histórias são marcantes e difíceis de esquecer. A narrativa, a escrita, a construção dos personagens e a forma como o enredo é estruturado conquista instantaneamente o leitor. 
   A Garota do Penhasco é uma história que comove e encanta pela delicadeza e sensibilidade que já são marca registrada da escrita de Lucinda Riley. O que me impressiona na forma como a autora constrói seus enredos é a habilidade que ela possui de atrair e guiar a atenção do leitor de uma maneira que nos deixa atentos aos mínimos detalhes que compõe a história. 
  Neste livro mais uma vez ela usa o recurso de fundir passado e presente em duas histórias paralelas dentro da mesma narrativa, e você deve pensar que por causa disso as histórias dela se tornam previsíveis ou enfadonhas, mas acontece totalmente o contrário. 
  A Lucinda consegue criar no leitor expectativas no decorrer da leitura porque por mais que você acredite que os acontecimentos levam a narrativa para determinado desfecho, a autora acaba te surpreendendo pela forma como  consegue trazer realidade para o enredo. 
  Temos também mais uma vez um contexto histórico aliado a narrativa, desta vez a autora usa as duas Guerras Mundiais como referência e traz a Arte da Dança mais especificamente o Balé para a história, isso proporciona suavidade e certa magia ao texto. 
  Em A Garota do Penhasco também encontramos um toque de mistério que induz ainda mais o leitor a desvendar os segredos que povoam a história. Em certo ponto a narrativa se torna sombria e alguns personagem chegam ao ponto de nos deixar chocados; a autora consegue fazer com que você fique com os olhos grudados nas páginas para não perder nenhum detalhe importante para o desenrolar do conflito.
  Apesar de A Garota do Penhasco ser um livro grande com suas 528 páginas e ter uma história densa, a leitura é rápida flui facilmente fazendo com que a narrativa seja muito envolvente.
  A surpresa neste livro fica por conta da forma como a história é contada; a narradora é a pequena Aurora e é por meio dela que somos conduzidos durante a leitura. Em vários momentos ela interrompe a narrativa para conversar com o leitor e fazer as explicações que acha necessária. Depois disso a narrativa segue em terceira pessoa e temos uma visão geral dos personagens e dos acontecimentos da história. Só no final você consegue entender a interferência e importância de Aurora na narrativa. 
  Eu apenas senti falta da presença mais forte de romance no enredo, o foco aqui não é a história de amor entre homem e mulher e isso fica claro deste o inicio, mesmo assim eu esperava um pouco mais de romantismo. O casal da história não me convenceu, Grania é um tanto insegura e extremamente orgulhosa o que a tornou chata em alguns momentos. 
  O livro tem uma diagramação simples, mas agradável e as letras são confortáveis para leitura. Entretanto, a capa não me agradou achei tão simples não chama muita atenção; outra coisa que me incomodou bastante foi o erro na sinopse que fica na contracapa do livro, lá diz que "O caso de amor entre Grania Ryan e Lawrence Lisle comove por sua delicadeza e força vertiginosa que culmina em imensa tristeza".
  Em momento algum na história Grania tem um caso de amor com Lawrence Lisle, já que ele viveu em outra época. No início esse erro me deixou confusa com leitura, e eu fiquei tentando identificar isso dentro da narrativa, pensei até que havia duas personagens com o mesmo nome, mas em momentos diferentes no texto. 
  Apesar de esse erro ter me inquietado muito, no geral A Garota do Penhasco é uma obra que emociona desde as primeiras páginas, e que fala sobre o amor e o quanto é importante e fundamental o carinho de uma família. Se você ainda não leu nada da Lucinda Riley comece agora mesmo; e prepare-se para histórias arrebatadoras! 


Tag: 10 séries que quero ler.


  Olá, leitores!
   Hoje eu vim falar sobre séries desejadas, eu vivo fazendo listas de livros que desejo e pretendo compra, então imaginem como foi difícil selecionar as séries que mais quero ler. Essa tag eu recebi da Juliana do blog Sobre mim e meu mundo, e eu gostei bastante de responder porque deu para ter uma noção geral de todas as séries que preciso comprar. :D
   Eu listo mais os livros pelos títulos individuais não tenho costume de separar tudo por série, então eu aproveitei para organizar tudo. E aqui está as minhas escolhas.


1. Série A Mediadora (Meg Cabot)



  Eu sou louca para ter essa série completa, só tenho o primeiro livro e faz tempo que espero uma boa promoção para comprar os outros, mas já estou perdendo as esperanças e vou acabar comprando mesmo com o preço salgado que estou encontrando. Já vi aquelas edições vira-vira mais eu não gosto muito de livros assim, prefiro as capas e edições normais. 



2. Série Jogos Vorazes ( Suzanne Collins)



   Quero ler essa série desde o lançamento, mas com todo o alvoroço em torno dela, as inúmeras resenhas que li e milhões de comentários de todos os tipos que li, acabei desanimando e adiando a leitura para outro momento. Agora preciso de motivação para decidir comprar e ler a série, mas ainda é uma das mais desejadas da minha lista.



3. Série Midnight Breed. (Lara Adrian)


     
 Eu sou louca por qualquer livro que tenha vampiros na história, e desde que li resenhas sobre esses livros fiquei doida para ler, ainda mais por eles terem uma história parecida com IAN, outra série que adoro. O problema é que sempre que decido comprar os livros estão pela hora da morte e aí eu acabo desistindo. Um dia eu crio coragem para comprar. hehehe


4. Série Night Huntress. ( Jeaniene Frost)


  Essa é uma top desejada preciso começar a ler essa série pra ontem! Por tudo que li sobre ela tenho certeza que vou amar os livros, e essas capas são lindas né? Tem vampiros, romance, aventura e um clima sombrio tudo para deixar um leitor viciado! :)

5. Série Mortal. (Nora Roberts).




   Essa série eu ainda não comecei a ler por desanimo mesmo, ela é enorme dá até preguiça só de olhar. :)
   Mesmo assim tenho muita vontade de ler, só vejo elogios e resenhas positivas e fico muito curiosa. 

6. Série As Peças Infernais. (Cassandra Clare). 


  Eu me tornei fã da Cassandra Clare desde que li Cidade dos Ossos, e desde que ouvi falar de As Peças Infernais estou querendo começar a ler, mas o que acontece com séries é que estou perdendo a paciência para esperar o lançamento dos livros. Fico muito ansiosa pela continuação, então estou optando por esperar todos os livros serem lançados para poder iniciar a leitura. 

7. Série Mundo de Tinta. (Cornelia Funke)

  Eu li apenas o primeiro livro dessa série e também assisti ao filme; eu amei a história. Eu li o livro emprestado por isso quero muito comprar todos, mas ainda não consegui porque eles são bem caros e eu acabo desistindo, nunca encontro eles em promoção. :(

8. Série Bloodlines. (Richelle Mead) 


 Todo mundo adora a Richelle Mead, desde que li Academia de Vampiros tudo que ela escreve para mim é muito bom. Então, tenho quase certeza que vou gostar muito dessa nova série também. E adivinhem? É sobre vampiros também! Já quero. :)

9. Série Georgina Kincaid. (Richelle Mead)

 E olha a Richelle Mead aparecendo novamente na minha lista! Essa é outra série dela que desejo ter completinha na minha estante. Tenho apenas o primeiro livro do qual gostei bastante e com a infinidade de lançamentos que tem aparecido ultimamente acabei deixando a série de lado, mas em breve pretendo voltar a comprar os livros e lê-los na sequência. 

10. Série Fallen Angels. (J.R.Ward)

   Se for tão boa quanto IAN já sei que entrará para minha lista de favoritas, e como gosto de sobrenatural e de anjos (não tanto quanto de vampiros!) acho que a série vai me agradar. Só espero que não seja tão grande quanto IAN porque fico com preguiça e falida também porque os livros da autora costumam custar os olhos da cara! rsrsrsrs

   Essas foram as minhas escolhas imediatas, mas afirmo que ainda tem muitas outras séries que desejo ler e com as que ainda serão lançadas, a minha lista nunca terá fim. Haja dinheiro! hehehe
  E vocês quais séries desejam ler? 

 Beijos, e até logo!

    

O Julgamento de Gabriel.




Adicione no SkoobCompre: Saraiva | Submarino | Cultura
          
   Depois que finalmente li O Inferno de Gabriel fui totalmente arrebatada por essa série, mesmo com todos os clichês e semelhanças com outras obras, a história de Gabriel e Julia conseguiu ser marcante e me deixar encantada com toda a construção do enredo. 
  O Julgamento de Gabriel é o segundo volume da série e narra a complicada relação amorosa de Gabriel e Julia. Neste segundo livro o casal está muito apaixonado e vivendo um relacionamento secreto e arrebatador que poderá colocar em risco a carreira profissional e acadêmica dos dois. 
  Mesmo sabendo que o relacionamento dos dois era contra as regras da universidade e que poderia causar sérios problemas, Gabriel e Julia não conseguem resistir a atração que sentem e tentam ser o mais discretos possível até o fim do semestre quando deixarão de ser aluna e professor. 
  Com o fim do semestre e do curso Gabriel é convidado para dar uma palestra na Itália e leva Julia com ele. Florença se torna o cenário da romântica viagem do casal. 
   Julia se entrega totalmente a Gabriel e eles vivem momentos intensos de amor e paixão; juntos eles tentam superar os fantasmas do passado que ainda assombram a vida dos dois. 
   Quando retornam da Itália Gabriel e Julia descobrem que aquilo que mais temiam se torna real, denúncias ao Comitê Disciplinar da Universidade coloca em evidência o relacionamento dos dois e com isso eles precisam enfrentar a situação em que se encontram.
   Como se tudo isso não fosse o suficiente, segredos e pessoas que pertencem ao passado ameaçam destruir tudo que os dois já construíram. Julia e Gabriel passarão por momentos difíceis que testará o amor que dizem sentir um pelo outro.
 (...) Quando terminou, tomou Julia nos braços e a abraçou como um adolescente tímido, de forma casta e simples.    - Você está me ensinando a amar e suponho que eu esteja lhe ensinando a amar também, de certa forma. Não somos perfeitos, mas podemos ser felizes. Não podemos?..."   pág. 65
   Depois de ter gostado bastante do primeiro livro li O Julgamento de Gabriel mais avidamente do que o primeiro volume; aqui já temos o romance dos protagonistas um pouco mais amadurecido do que no livro anterior. Gabriel e Julia possuem mais intimidade e já conhecem boa parte dos segredos que atormentaram a vida dos dois por tanto tempo. 
  Os sentimentos de Gabriel estão cada vez mais sólidos e suas atitudes já não lembram mais o homem arrogante e esnobe que conhecemos, em contrapartida Julia ainda mostra sua insegurança e auto-estima baixa, mesmo Gabriel fazendo de tudo para que ela supere seus traumas. 
  Novos personagens aparecem para movimentar mais a trama, apesar de a narrativa continuar centrada no casal esses personagens também ganham espaço na história; vilões aparecem para atrapalhar e ameaçar a paz de Gabriel e Julia. 
  Os momentos em que os dois precisam enfrentar as consequências por terem se envolvido também tem destaque na história, o leitor fica apreensivo e ansioso com o desenrolar dos acontecimentos. 
  A narrativa continua em terceira pessoa nos mostrando não só os sentimentos e ações dos protagonistas como também de alguns outros personagens. Encontramos ainda as referências e menções as obras de arte e todo o conteúdo clássico que fez a escrita de Sylvain Reynard se destacar e conquistar os leitores. 
  O desfecho da história me pegou de surpresa esperava por aquilo, mas não tão logo, mesmo assim gostei bastante. A Redenção de Gabriel é o último livro da série e eu já estou muito curiosa e ansiosa para ler logo.
  Quem gostou de O Inferno de Gabriel e se encantou com esse casal vai gostar ainda mais do segundo livro. O Julgamento de Gabriel nos traz um romance ainda mais arrebatador e mostra mais uma vez o quanto o amor pode mudar as pessoas. 

                                
                                         



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© FASCINADA POR HISTÓRIAS - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo