30/11/2012

P.S. Eu Te Amo.




       P.S. Eu te Amo foi um livro que adiei ao máximo a leitura por saber que se trata de uma história triste e que faria com que eu chorasse, confesso que fiquei com medo de detestar o livro por minha pouca tolerância a histórias tristes ou trágicas.
    O que tenho a dizer é que fiquei completamente apaixonada pela trajetória de Holly e impressionada com a forma como ela redescobriu o caminho para a vida, é realmente emocionante.
    Já no início da narrativa encontramos Holly totalmente afundada em sofrimento e sem vontade nenhuma de viver. Gerry seu marido, melhor amigo e o amor de sua vida morreu aos 30 anos vítima de um tumor no cérebro.
   Ela sentia como se sua vida também tivesse chegado ao fim, acreditava não conseguir seguir em frente sem Gerry. Ele era sua força, quem cuidava do seu bem-estar e quem completava sua vida.
    Mas, um dia ela tem uma feliz surpresa; Gerry havia lhe deixado "A lista" cumprindo assim, uma promessa que lhe fez em tom de brincadeira antes de morrer.
     A lista deixada traz instruções para que Holly possa seguir sua vida sem Gerry, os bilhetes devem ser abertos a cada mês do ano e é por meio desses bilhetes que ela consegui sentir seu marido novamente em sua vida.
    E com a ajuda de seu amado, de seus amigos e de sua enorme e maluca família que Holly tentará construir um novo caminho.


 Trocou o riso pelas lágrimas ao perceber que Gerry estava de volta! Holly leu e releu a carta em uma tentativa de trazê-lo de volta à vida. Por fim, quando não conseguia mais ver as palavras entre as lágrimas, olhou para o mar. Sempre considerara o mar um calmante e desde a infância atravessava a rua e ia à praia quando se sentia triste e precisava pensar..." pág. 30
    
   Essa foi uma das leituras mais agradáveis e carregada de sentimentalismo que eu já fiz. A história é maravilhosa e a pesar de ser dramática não deixa o leitor sobrecarregado de tristeza.
   Em P.S.Eu te Amo encontramos passagens bastaste divertidas que nos distrai um pouco de todo o sofrimento vivido por Holly. A narrativa se passa em terceira pessoa e a pesar de ser sempre centrada na Holly, o Gerry também tem seus momentos na narrativa a cada vez que sua esposa abre um dos envelopes deixados.
   O livro é tão emocionante que em vários momentos eu me via com lágrimas nos olhos e ao mesmo tempo sorrido. Cecelia Ahern conseguiu criar uma belíssima história de amor onde mesmo os protagonistas estando separados, foi possível sentir a força e intensidade do amor dos dois.
   A diagramação do livro é linda, a Novo Conceito caprichou no trabalho feito desde a capa até a última página do livro; tudo é muito romântico.
    P.S.Eu te Amo é uma história doce que nos faz pensar no quanto é poderoso um amor verdadeiro.  


                              

2 comentários:

  1. Ahhh Rafa!
    Que delícia!
    Eu já vi o filme, mas ainda não tive oportunidade de ler o livro.
    É bom d+ livros que conseguem mexer com as nossas emoções.
    Tá na lista.
    Bjins

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha querida, ficou ótima \o/
    Tive esse mesmo sentimento que vc teve antes de ver o filme e depois me apaixonei e agora vou ler o livro!!!

    ResponderExcluir

O seu comentário é muito importante para mim, por isso não economize palavras; adoro saber sua opinião! Caso tenha um blog deixe o link para que eu possa retribuir seu comentário. :D
Beijos da Rafa!!



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo