A BELA E A FERA.

Autora: Hannah Howell
Editora: Nova Cultural
Páginas: 319
                     
                    Inglaterra, século XVI
 Sinopse: Às vésperas de seu casamento, Gytha Raowille, uma jovem de rara beleza, descobre que o noivo está morto. E agora ela deve se casar com o novo herdeiro das terras de Saitun, um cavaleiro endurecido por muitas batalhas, conhecido como Diabo Vermelho...
  Com o rosto marcado por cicatrizes e o coração ferido por uma grande desilusão, a última coisa que Thayer Saitun deseja é uma esposa. Porém, nem mesmo o Diabo Vermelho consegue romper o compromisso assumido por seu pai adotivo anos atrás...


     Gytha é uma linda moça, causa admiração em qualquer homem que a vê; filha de um nobre, foi prometida em casamento desde pequena através de um acordo que seu pai fez com o barão Saitun. Esse acordo dizia que Gytha se casaria com o herdeiro dos bens dos Saitun assim que completasse dezessete anos.
     Saitun Manor tinha três herdeiros: William, Robert e Thayer. O seu prometido era William, o primeiro herdeiro com quem o casamento já estava acertado e sendo organizado, só que a poucos dias do casamento Gytha é informada da morte de seu noivo, ela logo pensa que não irá mais haver casamento, mas seu pai avisa que agora ela terá que casar com Robert (terceiro herdeiro), pois Thayer (segundo herdeiro) também havia morrido.
    O pai de Gytha até acha bom que o noivo seja Robert, pois Thayer não seria o marido ideal para sua filha; ele era um guerreiro feroz e muito temido nos campos de batalha connhecido como o Diabo Vermelho.
     Só que o destino da moça muda mais uma vez quando a poucas horas do casamento, Thayer aparece no Castelo dos Roawille esperando festejar o casamento de seu primo querido William. Entretanto o guerreiro logo descobre que seu primo está morto e que ele agora é o herdeiro de Saitun e que de quebra ganhou uma noiva.
    Thayer fica apavorado, ele não quer casar e muito menos com uma linda mulher como Gytha, ela era o seu pior pesadelo, mas ele não tem outra saída precisa cumprir com a palavra de seu pai adotivo. Todos no Castelo lamentam a triste sorte da linda Gytha, ter que ser a esposa de um homem "horrível" como Thayer; só que Gytha tem uma opinião totalmente diferente de todos, ela se encanta com Thayer a primeira vez que o vê e se mostra muito satisfeita com seu noivo só não entende por que ele não parece satisfeito com ela também.
     Thayer se dá muito bem com suas espadas e batalhas, mas quando o assunto é sentimentos ele é um desastre. Todos incluindo ele próprio o consideram um homem feio.
     Ele é grande, vermelho (ruivo que naquela época não era uma cor favorável) e cheio de cicatrizes no corpo, no rosto e também no coração. Thayer sofreu muito nas mãos de uma mulher a quem ele amou muito, mas ela o traíu, feriu seu orgulho e destruiu a sua auto-estima. Desde então ele jurou nunca mais se envolver com mulheres de beleza extravagante e agora ele se via casado com Gytha, tudo que ele sempre evitou.
     Agora Gytha era esposa do Diabo Vermelho, um homem que ela não conseguia enxergar feiura, por quem a cada dia ela ficava mais encantada e que conquistava pouco a pouco seu coração. Mas Thayer não demonstrava o que ela queria, ele sempre se mantinha distante e sempre esperava uma traição por parte da esposa.
     Gytha precisava conquistar a confiança de seu marido, ajudá-lo a recuperar sua auto-estima e fazê-lo entender que sua vontade era ficar ao lado dele. E enquanto ela tenta com todos os esforços conquistar o coração de Thayer, um grande perigo ronda seu casamento e um implacável inimigo tenta separá-los.

    Eu já disse muitas vezes o quanto eu adoro os romances da Hannah Howell, são sempre carregados de muita emoção, intrigas e personagens intensos e fortes. Este é um livro inspirado em um famoso conto de fadas que é o meu favorito, acho linda a história de amor entre uma mulher e um homem que somente ela acha bonito.
    A Bela e a Fera de Hannah Howell traz a história de Gytha uma moça incrívelmente linda e dona de uma personalidade forte que luta para conquistar Thayer um cavaleiro letal no campo de batalha, mas marcado por feridas profundas que se considera desprovido de atrativos físicos e que se torna cego para o evidente sentimento de Gytha. Houve momentos que eu quis chorar junto com ela e atirar alguma coisa que conseguisse rachar a cabeça dele *_* .
   Mas a história é linda e muito emocionante.



                                                     
         
                                        

                                    

O MAR DE MONSTROS. (PERCY JACKSON)

Autor: Rick Riordan
Editora: Intrínseca
Páginas: 190
Sinopse: Quando acaba o ano letivo, Percy e outros heróis recebem treinamento no Acampamento meio-sangue. As férias, porém, não serão moleza: as fronteiras mágicas que protegem o acampamento foram envenenadas e, a menos que um antídoto seja encontrado, o único porto seguro dos semideuses será destruído.
  Para salvá-lo, Percy precisará se aventurar no Mar de Monstros e confrontar um mistério atordoante sobre sua família - algo que o fará questionar se ser filho de Poseidon é uma honra ou uma terrível maldição.




  
  
  Percy está de volta em mais uma aventura heroica e altamente perigosa; desta vez o cenário é o Mar de Monstros, onde todos os heróis atravessaram em suas aventuras. Estar em uma nova escola não é mais novidade para o nosso herói, só que desta vez ele conseguiu um novo amigo desprezado pelo resto da escola, Tyson.
   Tudo estava indo bem; Percy conseguiu se manter afastado de encrencas o ano letivo inteiro... até o último dia de aula.
   A escola foi atacada por monstros e mais uma vez a culpa cai sobre Percy. Mas para sua surpresa, Annabeth aparece no meio da confusão dizendo que eles precisam ir para o Acampamento porque ele estava correndo o risco de ser destruído.
  Realmente o acamapamento meio-sangue estava um verdadeiro caos. O pior de tudo era que a árvore que leva o espírito de Thalia filha de Zeus fora envenenada, e Quíron que era o diretor de atividades do acampamento havia sido despedido e culpado por ter deixado que isso acontecesse fazendo com que o acampamento fique vulnerável a ataques de mostros.
   Agora, o lugar favorito de Percy estava sendo dirigido por Dioníso que já era o diretor antes, mas agora estava acompanhado de um sujeito nada agradável chamado Tântalo que se empenhou em transformar o acampamento em um verdadeiro inferno.
  E as mudanças não param por aí, agora Clarisse a garota mais detestável do lugar é a favorita do novo diretor de atividades e para completar Percy não é mais o único a ocupar o chalé número 3, Poseidon resolveu aumentar a família e o nosso herói não poderia ficar mais surpreendido com o novo meio-irmão.
  O perigo ameaça destruir o acampamento, Percy e Annabeth sabem o que tem que ser feito para salvar o lugar, mas Clarisse filha de Ares foi a escolhida para a missão em busca do Velocino de Ouro que pode salvar a árvore envenenada e proteger o lar dos heróis.
  Só que Percy não pode ficar de braços cruzados esperando ela fracassar na missão; do sucesso dessa missão depende não só a segurança do acampamento como também a vida do seu melhor amigo. Além do mais, os sonhos que o avisaram onde está o Velocino de Ouro vieram para ele, então nada mais justo que ele faça parte da missão; mesmo que para isso ele tenha que desobedecer algumas regras.
  Percy vai descobrir que essa missão reserva muitas surpresas para o futuro; agora falta desconbrir se serão boas ou desastrosas.
 Eu estava com boas expectativas em relação a esse livro, levando em consideração o primeiro que eu adorei. Não vou dizer que não gostei, mas senti falta de algo no livro; a leitura foi arrastada e demorei muito para concluí-la.
  Percy é um personagem que agrada, ele não deixa a leitura ficar monótona, está sempre metido em encrencas que trazem ação e aventura para a narrativa.  
  Eu gostei do final, me deixou com uma curiosidade gigantesca de como será o próximo livro. Acho que não vou mais esperar tanto tempo para conhecer a próxima aventura de Percy Jackson.

                                                                             

VIDAS SECRETAS.

Autora: Gabriella Poole
Editora: Novo Século
Páginas: 206
Sinopse: Os Escolhidos chamam a atenção de Cassie Bell logo em seu primeiro dia de aula na Academia Darke - um colégio composto por membros da elite e que muda, a cada semestre, para uma nova e exótica cidade em qualquer parte do mundo.
  Eles parecem guardar um segredo tão perigoso, que descobrir a verdade pode colocar fim à vida de Casssie.







         Estou muito impressionada; a palavra que encontro para definir esse livro é INCRÍVEL! 
         Confesso que no começo me senti perdida, sem conseguir compreender o que estava lendo. Vidas Secretas é um livro carregado de mistério e com uma história muito diferente de tido que já havia lido até então; cheguei a pensar que seria parecido ou até igual a tantos outros que já li, não mesmo.
         Nada de vampiros, lobisomes, anjos, fantasmas ou qualquer uma dessas criaturas que estamos acostumados a ver nos romances, preparece para algo totalmente surpreendente!
        Vidas Secretas é o primeiro volume da série Academia Darke que tem como personagem principal a adolescente Cassandra Bell.
        Cassie é uma garota sem família, vivia e estudava em um lugar chamado Cranlake Crescent, seu pai sumiu e sua mãe a abandonara por causa do novo namorado que detestava Cassie.
        Ela fora adotada algumas vezes, mas sempre era devolvida para o abrigo onde sofria tortura psicológica por parte da diretora do lugar Jilly Beaton. Cassie é muito inteligente e é assim que ela consegui uma bolsa de estudos em uma escola completamente diferente do mundo a que estava acostumada.
        A Academia Darke é uma escola sofisticada para alunos ricos e da elite, e é impossível para Cassie não se sentir deslocada em um lugar assim.
        Só que ela conta com a sorte de ter uma colega de quarto super legal. Isabella é uma garota rica também, assim como os outros alunos do colégio, mas não é esnobe e nem tampouco usa o fato de ser rica e bonita para humilhar as pessoas; logo as duas se tornam muito amigas.
      Já no primeiro dia de aula Cassie enfrenta a sua primeira prova de fogo na sua nova escola; suportar a arrogância dos riquinhos sem arrancar o sorriso de deboche deles com um soco e ser expulsa em seu primeiro dia por conta disso.
      Mas o que realmente chama a sua atenção e desperta a sua curiosidade é um grupo de alunos com um alto grau de popularidade, todos extremamente belos e inteligentes que são chamados de Os Escolhidos.  
       Todos na escola desejam fazer parte desse grupo, que é conhecido como os alunos favoritos do diretor da escola Sir Alric, mas parece que é quase impossível entrar para o seleto grupo.
       Cassie fica muito impressionada com os Escolhidos, não pela popularidade que eles possuem, mas sim pelo ar sombrio e de mistério que os cerca, é como se eles compartilhassem algo que o resto da escola desconhece.
       Katarina, keiko, Richard, Vassily, India, Sara, Cormac, Ayeesha, Mikhail, Hamid, Yusuf são os Escolhidos.
        Entretanto é o LINDO, antissocial e mistérioso líder desse grupo sinistro e que parece provocar medo em seus companheiros, que atraí e desperta outro tipo de interesse em Cassie... Ranjit Singh.
        Só que ele não parece nada contente com a curiosidade de Cassie nos Escolhidos e avisa a ela para se manter afastada de todos eles, porque se envolver com os Escolhidos pode ser muito perigoso para ela.
       Recomendo muito a série Academia Darke, uma história impressionante com um mistério intrigante e assustador. Mal posso esperar para ler Laços de Sangue.


                                         



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© FASCINADA POR HISTÓRIAS - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo