28/03/2011

BOOK BLOGGER HOP.

As meninas do blog Murphy's Library criaram uma versão brasileira do Book Blogger Hop (versão original é da Jennifer do Crazy for Books).
  A ideia é mostrar a diversidade de blogs literários do Brasil e conhecer um pouquinho mais dos blogueiros também.

Quer participar? 
É só colocar o selo do Book Blogger Hop, responder à pergunta da semana e linkar o seu post no Murphy's Library. Toda sexta-feira no Murphy's Library tem uma pergunta diferente.

A pergunta dessa semana é:

  Se você pudesse se colocar na história de um livro ou de uma série de livros, qual seria e por quê ?
     Percy Jackson, adorei a história é super divertida tem muita ação e sem falar, que seria muito legal ser filha de um deus grego.  :D



                                         


27/03/2011

HALO.

    Autora: Alexandra Adornetto
    Editora: Agir
    Páginas: 469
                            Um amor que ultrapassa as barreiras do céu e do inferno.
      Sinopse: Nada de mais acontece na pacata Venus Cove, até o dia em que três anjos, Gabriel, Ivy e Bethany, são enviados do céu para proteger o lugar contra forças obscuras que começam a surgir.
     Disfarçados como irmãos, eles tentam levar uma vida comum. Gabriel torna-se professor na mesma escola à qual Bethany - a caçula - é enviada para estudar. Mas Beth, atrapalhada em sua inexperiência como ser humano, apaixona-se por Xavier Woods, o belo representante da escola.
     Uma situação que não só poderá comprometer, sua existência como anjo mas principalmente, sua verdadeira missão. E tudo ficará ainda mais confuso para Beth quando um garoto charmoso sedutor e mortal chega à cidade.
      Eles terão de dar duro para ocultar sua verdadeira identidade e, acima de tudo, suas asas.


   Não preciso nem dizer que a capa desse livro é um arraso, super linda e deixa qualquer pessoa encantada. Halo é o tipo de livro que preenche todos os meus requisitos de compra: tem uma capa linda, tem bastante páginas(eu não gosto muito de livros finos), e tem uma história de amor fofa.
   Bethany, Gabriel e Ivy chegam a cidade Venus Cove com uma missão designada pelo Céu, é isso mesmo eles são anjos!
     Gabriel e Ivy já possuem experiência em missões; ele é um Arcanjo e Ivy um Serafim e existem há séculos. Bethany por outro lado, é um anjo bem novo ainda e muito inexperiente é apenas a sua primeira missão e também sua primeira visita à Terra.
     Diferente dos irmãos, ela precisa aprender a conviver com as sensações novas e diferentes despertadas por sua forma humana. Tudo para Bethany é aprendizado e também descoberta, é ingênua, frágil e sente dor como qualquer ser humano.
     Os irmãos de Beth mantêm uma certa distância dos humanos, são imunes aos sentimentos terrenos; já Bethany não consegui ser tão distante, é curiosa em relação ao comportamento das pessoas e possui uma enorme afinidade e inclinação para o mundo humano.
     Isso tudo se torna ainda mais difícil de ser controlado quando ela começa a frequentar a escola Bryce Hamilton, como uma simples estudante do ensino médio e Gabriel como o professor de Música. Na escola Bethany torna-se amiga de Molly, uma garota descolada e com atitudes iguais a de qualquer garota do colegial, mas tudo se transforma na vida de Bethany quando ela conhece Xavier Woods.
     Ele é representante da escola, joga no time de rúgbi e treina os nadadores iniciantes. Apesar de ter muitas garotas tentando chamar sua atenção, Xavier mantinha-se sempre distante sua namorada havia morrido em um incêndio e ele ainda não havia se envolvido em relacionamentos de novo depois disso até  pôr os lindos olhos azuis em Beth.
     Molly tenta sem sucesso alerta Bethany de que gostar de Xavier é um grande erro, mas já era tarde, ela estava em uma situação que não poderia voltar atrás. Xavier demonstra muito interesse em Bethany, sempre salvando-a das encrencas em que se mete devido a sua falta de experiência com os humanos, até que os sentimentos que une os dois se torna muito forte e impossível de ser disfarçado ou contido.
     Bethany se vê envolvida por coisas que nunca tinha sentido antes em toda sua existência como anjo e que nem imaginava existir. Xavier se torna seu mundo e tudo que lhe é mais importante, entretanto isso pode pôr em risco sua missão na Terra e até mesmo a vida de Xavier.
     Beth precisa resolver um enorme problema: Como contar ao seu namorado que na verdade ela não é humana, mas sim um anjo?
       Para completar tudo fica ainda mais tenebroso quando chega na escola um novo e misterioso aluno chamado Jack, que pode pôr fim a sua vida na forma humana e afastá-la definitivamente de Xavier.
      Halo é narrado na visão de Bethany, então é de se esperar que seja uma narrativa que nos remete a algo puro, doce, celestial afinal ela é um anjo. Muitas vezes tive a sensação de que estava bem próxima do universo biblíco. A autora descreve muitas coisas sobre os anjos, coisas que nem tinha conhecimento ou que já havia esquecido.
     O amor que Bethany senti por Xavier pode parecer um exagero, mas eu acho bastante compreensível. Beth não é humana, ela não tem laços familiares como os humanos; ela é um anjo novo foi criada a pouco tempo e se vê na sua primeira missão.
      As sensações do corpo humano é muito intensa para ela e o amor é devastador até mesmo para um humano comum imagine então para um anjo, um ser que não tem conhecimento e dimensão desse sentimento. Por isso Bethany faz de Xavier seu universo e a razão da sua vida.
     Estou muito ansiosa para ler a continuação da série mal posso esperar por Hades!
       

     Essa é a capa de Hades, foi lançada recentemente e também é muito linda. O livro tem previsão de lançamento para o dia 28 de Agosto na Austrália e 30 de Agosto nos Estados Unidos. 
      Ainda não tem previsão de lançamento no Brasil.


  

   

22/03/2011

MEME LITERÁRIO : OS FAVORITOS.

Meme literário hospedado pelo blog A leitora onde respondemos perguntas quinzenais sobre um assunto ligado ao mundo literário.


Os Favoritos:
1. Qual o seu livro favorito?
2. Qual o seu autor(a) favorito(a)?
3. Qual o seu personagem favorito?
4. Qual adaptação de livro é seu filme favorito?
5. Qual gênero literário é o seu favorito?

Minhas respostas:
 1. É muito difícil escolher apenas um livro como agora estou apaixonada por Fallen, posso dizer que no momento é ele.
2. Minha autora favorita é Diana Palmer; adoro os romances dela.
3. Edward Cullen de Crepúsculo.
4. Um Amor para Recordar.
5. Romance Histórico, sobrenatural . Adoro Romance.



               





  

21/03/2011

BOOK BLOGGER HOP.



  As meninas do blog Murphy's Library criaram uma versão brasileira do Book Blogger Hop (versão original é da Jennifer do Crazy for Books).
  A ideia é mostrar a diversidade de blogs literários do Brasil e conhecer um pouquinho mais dos blogueiros também.

Quer participar? 
É só colocar o selo do Book Blogger Hop, responder à pergunta da semana e linkar o seu post no Murphy's Library. Toda sexta-feira no Murphy's Library tem uma pergunta diferente.

A pergunta dessa semana é:
Você leu um livro de determinado autor e amou. Você lê outros livros desse mesmo autor, mesmo que não seja seu estilo de livro?

Eu não gosto de seguir regras para ler, mas sempre pesquiso um pouco sobre as obras dos autores que me interessam.
 Se eu amei um livro de determinado autor procuro saber sobre suas outras obras, então eu vejo se gosto ou não, vejo a sinopse e leio resenhas.
 Eu adorei Crepúsculo, mas A Hospedeira não despertou meu interesse para mim tudo depende da sinopse do livro. :D


                                      

18/03/2011

PERCY JACKSON - O LADRÃO DE RAIOS.

Autor: Rick Riordan
Editora: Intríseca
Páginas: 254
Sinopse: Percy Jackson é filho de um deus. Ele está para ser expulso do colégio... de novo. Mas, aos doze anos, esse é apenas mais um de seus problemas: além do transtorno do déficit de atenção e da dislexia, parece que, ultimamente, criaturas fantásticas e deuses do Olimpo saltam dos livros de mitologia diretamente para a realidade. E ao que tudo indica estão aborrecidos.
O raio-mestre de Zeus foi roubado, e é Percy quem deve resgatá-lo. Para restaurar a paz no Olimpo, ele e seus amigos heróis precisarão fazer mais que capturar o verdadeiro ladrão: Percy terá de encarar o pai, resolver o enigma do Oráculo e desvendar uma traição mais ameaçadora que a fúria dos deuses.

  Uma aventura eletrizante! Essa é a minha opinião sobre esse livro. Confesso que a muito tempo estava curiosa para ler O ladrão de raios e finalmente essa curiosidade foi saciada e posso dizer que esse livro superou as minhas expectativas. A história é contada pelo próprio Percy Jackson e em uma linguagem bastante agradável, senti como se eu estivesse em uma conversa com ele.
  Percy é um garoto que de acordo com os padrões "normais" é considerado problemático; possui dislexia e transtorno do déficit de atenção, e como se não fosse o suficiente coisas estranhas costumam acontecer sempre com ele o que faz com que Percy se meta em encrencas que sempre resultam nas suas expulsões escolares.
  Só que desta vez a encrenca é absolutamente assustadora, Percy estava em uma inofensiva excursão da escola no Museu de Arte onde havia antiguidades gregas. O sr. Brunner, professor de latim era o guia da excursão e a sra. Dodds a professora de matemática que Percy detesta, também fazia parte do grupo.
 Depois de se meter em mais uma confusão com Nancy Bobofit uma garota que adora persegui-lo, Percy leva o maior susto quando a sr. Dodds se transforma em um monstro bem diante dos seus olhos e tenta matá-lo, e as surpresas não param por aí...
  O sr. Brunner estava bem a sua frente e lançava para Percy uma caneta que transformava-se em espada e que com um golpe destruiu a sua professora de matemática. Depois de quase morrer, Percy se vê sozinho com uma caneta esferográfica e sem ter nem sombra do sr. Brunner que o havia ajudado e nem da sra.Dodds que tentara acabar com sua vida, parecia que havia imaginado tudo só mais tarde descobriria que nem mesmo uma professora chamada sra.Dodds existia.
   Percy ouve sem querer uma conversa entre seu melhor amigo e o sr.Brunner, na qual eles falavam sobre ele e sobre coisas que não faziam o menor sentido para ele. Percy revela a Grover que escutou sua conversa com o professor de latim, o amigo tenta se esquivar, mas não tem jeito o garoto quer respostas: O que é solstício de verão? O que é benevolentes? O que é Colina Meio-Sangue?
   Depois de precisar deixar mais uma vez a escola, Percy volta para a casa onde vive sua mãe Sally Jackson e seu padrasto Gabe Ugliano. Sua mãe decide levá-lo para uma viagem e lá ela lhe conta que ele precisa ir para um acampamento de verão afirmando ser para o seu próprio bem.
    Na noite em que passou no chalé em Montauk, Percy recebe a visita de seu amigo Grover e percebe assombrado que ele não tem pernas e nem pés, mas sim cascos. A partir desse momento a vida de Percy Jackson muda completamente e enfim obterá respostas para perguntas que lhe atormentaram a vida toda, e é nesse momento que a aventura começa.
  No caminho para o acampamento de verão que mais tarde ele descobrirá se chamar acampamento meio-sangue, um lugar que abriga os filhos de deuses gregos com humanos, Percy enfrenta um Minotauro que tenta matá-lo. O garoto salva a vida de Grover, mas não consegui salvar sua mãe.
  Percy se torna membro do acampamento, lá ele descobri ser filho do deus do mar, Poseidon, se torna amigo de Annabeth Chase, filha de Atena; descobri que seu professor de latim o sr. Brunner, na verdade se chama Quíron e é um centauro. Sua dislexia se dá porque sua mente está programada para o grego antigo e o transtorno do déficit de atenção camufla os seus reflexos de campo de batalha, seus sentidos são muito mais apurados do que os de um humano comum.
   E o mais desesperador de tudo; Percy descobri que foi acusado de roubar o raio-mestre de Zeus e que o deus está enfurecido, assim o garoto precisa recuperar o raio, descobrir quem o roubou e devolver ao dono para poder impedir que uma grande guerra entre os deuses exploda, o que resultaria em uma catástrofe humana e ele precisa fazer tudo isso antes do solstício de verão que é o prazo final para que o raio-mestre esteja novamente nas mãos de Zeus.
   Percy, Annabeth e Grover se lançam em uma corrida contra o tempo e no caminho precisam enfrentar vários monstros que tentam impedi-los de cumprir a missão que lhes foi destinada. Ficar frente a frente com seu pai e resgatar sua mãe do mundo inferior são os desafios mais importantes que ele terá que enfrentar.
   O Ladrão de Raios é um livro muito divertido e a leitura dele não tem nada de monótona, além de nos proporcionar muito conhecimento sobre a mitologia grega que eu acho super interessante. Não sei se quem já leu essa série vai concordar comigo, mas quando comecei a ler esse livro eu lembrei muito de Harry Potter, principalmente quando me deparei com termos como meio-sangue; isso me fez lembrar muito do mundo de Harry Potter.
    Não consegui também evitar destacar as semelhanças entre os dois mundos. Enfim, adorei o Ladrão de Raios e mal posso esperar para ler o próximo livro da série.

                     Beijos!


                                                    

15/03/2011

BOOK BLOGGER HOP.



 As meninas do blog Murphy's Library criaram uma versão brasileira do Book Blogger Hop (versão original é da Jennifer do Crazy for Books).
  A ideia é mostrar a diversidade de blogs literários do Brasil e conhecer um pouquinho mais dos blogueiros também.

Quer participar? 
É só colocar o selo do Book Blogger Hop, responder à pergunta da semana e linkar o seu post no Murphy's Library. Toda sexta-feira no Murphy's Library tem uma pergunta diferente.

A pergunta dessa semana é:
 Qual continuação de série você está mais ansioso pelo lançamento?
Recentemente acabei de ler Halo, amei o livro. Então estou muito ansiosa para ler a continuação só que ainda não tem previsão de lançamento, o jeito é esperar. :(


                              

14/03/2011

UM ACORDO ARRISCADO.

   Olá Pessoal!
Quero pedir milhões de desculpas por ter ficado tanto tempo sem atualizar o blog, o problema do meu computador foi mais sério do que eu imaginava, mas graças a Deus agora foi definitivamente resolvido. Espero que isso nunca mais volte a acontecer pois, eu quase enlouqueci por não poder atualizar o blog.
 Quero agradecer também a todos que mesmo eu estando afastada esse tempo, continuaram visitando o Fascinada por Histórias; muito obrigada mesmo. Estou muito feliz por estar de volta e estava morrendo de saudades, parece que fiquei meses longe. *_*
  Para voltar a ativa trouxe a resenha de um romance de banca, que eu adorei ler. Adoro os romances de banca!
       Autora: Nicole Foster
       Editora: Nova Cultural
       Coleção: Clássicos Históricos Especial
       Páginas: 315

        Da hostilidade ao amor... era apenas um passo!
            Arizona, 1876.
 Sinopse: Jack tinha certeza de que sua vida de aventuras havia acabado. Estava na hora de sossegar e oferecer um lar estável ao filho recém-descoberto...
   Principalmente porque o destino estava a seu favor, colocando em seu caminho, Hallie Ryan, uma criaturinha geniosa porém corajosa e linda!
   Embora Hallie tivesse jurado fazer qualquer coisa para salvar sua fazenda ela não contava com a possibilidade de Jack Dakota comprar a propriedade e depois pedir-lhe que o ajudasse a administrá-la. Apesar de o acordo lhe garantir o usufruto do seu lar, implicava um grande risco: fazê-la perder seu coração para aquele homem fascinante...

  Ok, tudo bem pode parecer que os romances de banca possuem sempre a mesma história; um acordo junta duas pessoas que a princípio se odeiam, mas que depois descobrem uma paixão avassaladora. A primeira vista pode parecer isso mesmo, mas quando começamos a ler percebemos as inúmeras diferenças e então percebemos que nunca um é igual ao outro.
 Um Acordo arriscado não é um livro que chame a atenção pela capa. Eu não acho a capa linda e nem mesmo bonita, a capa possuí uma mistura de cores que eu acho horrorosa, mas ainda bem que eu não julgo nada pela aparência.
  Esse livro possui uma história de amor linda, além de passar a mensagem de que é importante enxergar as pessoas além da aparência externa que elas nos passam.
  Hallie Ryan é uma moça que administra uma fazenda praticamente sozinha, seu pai um jogador de pôquer morreu deixando para ela a fazenda afundada em dividas e um irmão mais novo que não quer saber de ajudar a cuidar do único bem que lhes restou e ainda assim como o pai é viciado no jogo.
   Hallie estava desperada porque seu irmão Ben roubou todo o dinheiro que ela havia reunido durante meses com o objetivo de pagar as dívidas da fazenda, para que esta voltasse a ser sua. Ele estava na cidade novamente jogando e Hallie precisava impedi-lo de torrar todo o dinheiro que salvaria seu destino.
   Ela encontrou Ben muito bêbado que quase levou um tiro do homem com quem estava jogando. O garoto foi salvo graças a Jack Dakota um recém-chegado na cidade Paradise, lindo de deixar qualquer mulher a seus pés e... um jogador de pôquer profissional.
  O sorriso sedutor e astuto de Jack não agradava nenhum pouco Hallie e ela quase enlouqueceu quando ele lhe disse que fixaria residência em Paradise porque havia comprado as melhores terras da região: Eden's Canyon, a fazenda dela!
   Hallie tenta sem êxito comprar a fazenda de volta, mas Jack se recusa a vender, assim ele e o filho Ethan se mudam para Eden's Canyon e propõe um acordo para a moça: Se tornar parceira dele nos negócios.
   Ela teria que ensinar-lhe tudo sobre pecuária e o ajudar a administrar a fazenda em troca ele permitiria que ela e seu irmão Ben continuassem morando em Eden's Canyon. 
    A fazenda era a vida de Hallie então ela não teve outro saída senão aceitar e suportar a presença de Jack Dakota e seu sorriso presunçoso e irritante.
     Jack se divertia em provocar Hallie, ela era uma moça bastante diferente de todas que já haviam passado por sua vida, tanto no aspecto físico como também nas atitudes que o confundiam e eram imprevisíveis.
    Hallie não tinha um comportamento muito feminino, ela usava roupas de rapaz, não se preocupava em escovar os cabelos que sempre estava emaranhado e preso em uma trança com um chápeu de vaqueiro horroroso. Ela não se importava nem um pouco com sua aparência, achava-se desprovida de "artifícios femininos" e não se achava uma mulher bonita.
    Jack tentava de todas as maneiras fazer Hallie perceber o quanto ela era uma mulher linda, mas a moça não tinha a mínima consciência disso. Todos em Paradise compartilhavam da opinião de que da forma como ela se arrumava ninguém notaria que se tratava de uma moça e não um rapaz.
   Será que Jack Dakota é capaz de fazer Hallie Ryan perceber o quanto ela é importante e especial para ele?
   Será que Hallie será capaz de confiar seu destino mais uma vez a um jogador?
   Convido você a descobrir!!
                Beijos!

                                                                      


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Criado por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. Voltar ao Topo